IPCA-15 aumenta 0,71% em janeiro, aponta IBGE

23/01/2020 | Valor Econômico

Trata-se do maior índice para um primeiro mês de ano desde 2016




O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) subiu 0,71% no primeiro mês de 2020, após ter registrado alta de 1,05% um mês antes, divulgou nesta quinta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Embora a taxa seja menor do que a registrada em dezembro de 2019, trata-se do maior índice para meses de janeiro desde 2016 (+0,92%).






Analistas esperavam desaceleração do índice para 0,70% no começo de 2020, conforme a mediana de 33 projeções de analistas ouvidos pelo Valor Data. O intervalo das projeções variava de alta de 0,59% a avanço de 0,78%.





No acumulado em 12 meses, o IPCA-15 avançou 4,34%. O indicador está acima do centro da meta de inflação perseguida pelo Banco Central (BC) para 2020, de 4% — a meta tem margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, para mais ou para menos.






Os preços utilizadas para o IPCA-15 foram coletados de 12 de dezembro de 2019 a 14 de janeiro de 2020. O indicador refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos e abrange nove regiões metropolitanas, além de duas capitais (Brasília e Goiânia).





VOLTAR

ENTIDADES GERIDAS

CENTRO DE COPRODUTOS AÇO BRASIL (CCABRASIL)
O CENTRO BRASILEIRO DA CONSTRUÇÃO EM AÇO (CBCA)
CB-28 – NORMAS TÉCNICAS